Dia do trabalhador

No meu curso de mestrado estou estudando uma disciplina chamada Ética Empresarial, que fala sobre o que é ética do ponto de vista corporativo e muito me chamou a atenção falar sobre este assunto no âmbito empresarial antes de ser tratado no âmbito social. As empresas são formadas por pessoas, as empresas são um organismo vivo e neste momento eu convido vocês a refletir se estão sendo trabalhadores éticos.

Para facilitar vou definir ética segundo Aristóteles, baseado nas virtudes de ser bom, justo e honesto. E hoje a reflexão é sobre você, não importa o que o seu chefe ou colega de trabalho faça, como você está agindo enquanto trabalhador. 

Em outro momento vou falar sobre a Responsabilidade Social das empresas, mas neste texto vou tentar exprimir nossa responsabilidade enquanto profissionais. 

No dia do trabalhador você comemora ou fica apenas feliz por ser feriado? Quando você está no trabalho, honra o seu salário e entrega mais do que faz parte das suas obrigações? Você se preocupa em criar um ambiente harmônico ou passa o dia reclamando? Você coopera com seus colegas ou faz o seu e que se “lasque” o resto? Você contribui com ideias para melhoria contínua? Enfim, qual a sua contribuição hoje para a empresa que te contratou? Se você fosse um empresário, você se contrataria, avaliando a forma que está trabalhando hoje?

Quantas vezes você usou a impressora do seu trabalho para imprimir seu trabalho da faculdade, usou os clipes, gastou o tempo que te pagam para resolver um assunto pessoal? (eu já fiz isso muitas vezes) 

Eu sei que a linha do certo e do errado está confusa e que hoje a gente confunde que tirar vantagem sobre o outro ou qualquer situação é o melhor para nós, mas justamente sobre isso que que estamos falando, justiça. Para julgar se uma situação é correta ou não, devemos sempre nos colocar no lugar do outro. O que você pode fazer para ser um profissional melhor? E mais uma vez eu reforço, o que você é, é de sua responsabilidade, e não tem nada haver com o outro.

Hoje estamos vivendo de reação, sempre tomamos atitudes baseadas nas ações de ontem, sugiro começar agora a assumir sua vida profissional como se você fosse uma empresa,  pense no lugar que você está hoje como um laboratório para se desenvolver e transformar-se em um profissional melhor.

Se você entender que onde você está é o melhor lugar para você desenvolver a expertise que você precisa para se destacar em qualquer empresa e entenda de uma vez por todas, se é um ambiente desagradável, sinto te informar, você é tão responsável quanto qualquer outro membro da sua empresa, então o que acha de começar a ter boas ações para que as reações a partir de você sejam melhores. 

Quando você é fruto do meio que convive, o que hoje você está julgando com um infortúnio na sua vida, pode se tornar um case de sucesso. Não aceite ser um profissional de merda, porque não se sente valorizado, porque sente que não pertence ao meio em que está inserido, porque acha que o seu salário é incompatível com suas qualificações, porque não acha que reconhecem seu esforço…

Se continuar neste mundo de reclamação, você vai mudar de lugar, mas, não vai mudar de você, ou seja, em qualquer lugar que for vai encontrar os mesmos problemas. 

Então, mais uma vez eu vou usar a frase de Gandhi, seja a mudança que você quer no mundo, se você não mudar a sua postura e sua mentalidade, só vai continuar recebendo o que você já tem. Assuma hoje a responsabilidade sobre sua vida profissional e comece a ser bom, justo e honesto! Tenho certeza que você sabe bem o que é isto!

 

Josiane Leal de Souza – https://www.josilealdesouza.com

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.